REVISTA ENGENHARIA NA AGRICULTURA Engineering in Agriculture, Vol. 21, No 1 (2013)

AGRICULTURA DE PRECISÃO: VARIABILIDADE DOS ATRIBUTOS QUÍMICO-FÍSICOS DO SOLO E RELAÇÃO COM A PRODUTIVIDADE DO MILHO

Douglas Dalla Nora, Telmo Jorge Carneiro Amado, Paulo Alba, Rafael Pivotto Bortolotto, Cristiano Keller

Resumo


O manejo da variabilidade do solo, com o advento da agricultura de precisão, passou a ser difundido nas áreas agrícolas, sendo que a alteração de alguns atributos químicos ou físicos do solo, principalmente em áreas sobre sistemas de irrigação, pode acarretar em perdas de produtividade e nutrientes. Nesse contexto o presente trabalho teve como objetivo avaliar espacialmente as características físico-químicas do solo sobre pivô central e suas relações com a produtividade da cultura do milho. O trabalho foi realizado em setembro de 2010 na cidade de Inhacorá-RS. Foram coletadas 56 amostras de solo na profundidade de 0-0,10 m e de 0,10-0,20 m em um gride amostral de 1 hectare, essas foram submetidas a análises químicas e físicas, cada ponto amostral recebeu também a avaliação da resistência à penetração e análise da produtividade do milho. Foram constatados maiores produtividades da cultura do milho nos pontos georreferenciados que apresentavam maiores índices de matéria orgânica, fósforo e potássio. As maiores produtividades da cultura do milho apresentaram relação significativa (p=0,0001) com a porcentagem de potássio na CTC para a camada de 0,10-0,20 m.

Texto Completo: PDF